sexta-feira, 2 de julho de 2010

Essa é a minha casa.

Eu vou lhe mostrar o caminho pra minha casa, não é tão complexo, mas leva alguns minutos, o que vai fazer termos muitas conversas a jogar fora.
Eu nunca tive medo de te mostrar tudo o que eu sentia. Mas eu tentei me segurar várias vezes, e, talvez eu tenha conseguido.
Não precisa pensar que hoje, eu ainda penso que podemos voltar, porque eu não penso. Essa época, de tão sofrida, me cansou, e hoje o que eu tenho de você aqui dentro é totalmente diferente.
Eu fui uma certeza, só nunca entendi o porque de tu nunca entender isso. Não quis machuca-lo, quis lhe fazer entender que eu era uma certeza, era só mostrar que sabia e que queria uma certeza na sua vida.
Eu chorei por você sim, algumas vezes, chorei porque não queria que estivesse acontecendo aquilo, porque muitas coisas desnecessárias nos fizeram abalar, até chegar no que somos hoje.

Mas eu não me arrependo, você me mostrou o caminho até você, e hoje eu sei que por mais que nós não tenhamos as mesmas conversas, eu posso contar com você pra me fazer sorrir.
E eu sei..foi um pouco demorado, mas o céu estava tão bonito que eu resolvi ir pelo caminho mais longo.
Essa é a minha casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário